5 Dicas de Ouro para o Desenvolvimento em SharePoint 2007

1 – A classe estática Microsoft.SharePoint.Utilities.SPUtility possui MUITOS membros interessantes. Eu ia listar aqui os mais interessantes, mas acabei notando que, na verdade, TODOS são interessantes. Então vou colocar o link para a página de membros no MSDN. Leia, você não vai se arrepender. Quer dizer, talvez vá se arrepender de ter reinventado a roda anteriormente.

http://msdn.microsoft.com/en-us/library/microsoft.sharepoint.utilities.sputility_members(v=office.12).aspx

2 – Edição de página escondida: Essa é velha conhecida, mas quando você quiser editar uma página do SharePoint 2007 e a opção “Editar Página” não estiver disponível ou desabilitada, tente informar a seguinte QueryString na URL: ToolPaneView=2.

3 – As propriedades Built-In dos objetos do SharePoint. Coisas extremamente úteis quando não se pode prever a linguagem com a qual se está trabalhando ou quando um objeto não possui um ID fixo. Eu destacaria os seguintes:

– SPBuiltInFieldId.<Constante com o ID de campos nativos>
– SPBuiltInContentTypeId.<Constante com o ID de content types nativos>
– SPWeb.Site*, são eles:
 – SPWeb.SiteAdministrators
 – SPWeb.SiteGroups
 – SPWeb.SiteLogoDescription
 – SPWeb.SiteLogoUrl
 – SPWeb.SiteUserInfoList (Essa propriedade é fantástica! Não existe outra maneira simples de obter essa lista no escopo da web, nem de adivinhar o nome e nem o ID da lista no site raiz)
 – SPWeb.SiteUsers

4 – Os controles pré-prontos do Namespace Microsoft.SharePoint.WebControls. Existem preciosos controles lá que não são muito conhecidos. O último deles que eu utilizei foi o ListViewByQuery, que permite montar uma view com todas as facilidades de ordenação e filtros de uma lista, mas é baseada em uma query CAML para montar o seu resultado. Isto permite utilizar operações como o “contains” em um determinado campo da lista.

5 – Faça certo da primeira vez: Quando estiver trabalhando com WebParts, Page Layouts e Master Pages, invista um tempo definindo as descrições e os grupos corretos para cada objeto e cada feature. Após o primeiro deploy, seja via Visual Studio ou via linha de comando, este conteúdo não será sobrescrito pelos próximos deploys e as descrições temporárias poderão se tornar definitivas sem que você perceba.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s